STJ DEFINE QUESTÕES IMPORTANTES SOBRE A COMPENSAÇÃO DE CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS

STJ DEFINE QUESTÕES IMPORTANTES SOBRE A COMPENSAÇÃO TRIBUTÁRIA

Recentemente, o Superior Tribunal de Justiça decidiu que nos Mandados de Segurança em que o contribuinte pedir a compensação tributária, é suficiente que este prove apenas sua posição como credor.

Ou seja, o contribuinte deverá apenas comprovar que é obrigado, por Lei, ao pagamento do tributo questionado, considerando que o objetivo da ação é o reconhecimento da ilegalidade ou inconstitucionalidade em momento anterior à cobrança. Os comprovantes do recolhimento indevido serão exigidos apenas posteriormente, mediante pedido de compensação pela via administrativa.

Já nos casos em que o Mandado de Segurança trate de parcelas específicas a serem compensadas, ou quando a sentença tiver como efeito a homologação da compensação a ser realizada, será necessário comprovar, no processo judicial, o efetivo pagamento indevido.

A tese firmada pelo STJ terá abrangência sobre todos os processos que tratem da mesma matéria, servindo como base para o julgamento de tais casos, em favor dos contribuintes.

Fonte: http://www.stj.jus.br/sites/portalp/Paginas/Comunicacao/Noticias/Primeira-Secao-define-abrangencia-de-tese-sobre-direito-a-compensacao-tributaria.aspx

Confira outros posts

ICMS COMPÕE BASE DE CÁLCULO DO IRPJ E DO CSLL EM LUCRO PRESUMIDO

CONTRATO DE PARTNERSHIP: O QUE É?

FILHO FORA DO CASAMENTO PODE SER EXCLUÍDO DA HOLDING?

POSSO TRANSFERIR IMÓVEL FINANCIADO PARA A HOLDING?

QUEM PODE SER INVENTARIANTE NA FAMÍLIA?

HOLDING RURAL: QUAIS AS VANTAGENS?

JUSTIÇA NEGA ANULAÇÃO DO PACTO ANTENUPCIAL

PRODUTOR RURAL: CUIDADO COM A SUCESSÃO DOS SEUS IMÓVEIS

A PARTE DOS HERDEIROS (LEGÍTIMA) NO TESTAMENTO

FILHO QUE RECEBEU DOAÇÃO DOS PAIS TEM DIREITO AO RESTANTE DA HERANÇA?

Compartilhe esta publicação!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp